Sobre a Quem Dera (não é publipost)

No Comments »

Daquela série de posts sobre marcas legais que gosto e acho todo mundo deveria conhecer (tô começando essa tag Não é mercha, é amor) hoje tem a marca goiana Quem Dera. Tive a chance de ver pela primeira vez um stand da marca lá em Goiânia no encontro nacional de estudantes de Design, as roupas me chamaram atenção de cara e me apaixonei, mas o $$ não tava assim tão bom.
Não é que a dona Mariana entrou em contato comigo meses depois querendo me dar essa belezinha (ainda morro de amores, quem me conhece já me viu repetir aquele vestido mil vezes)? Quando usei o vestido que pude sentir o quão gostosinho, bem feito e bem pensado ele foi, e acho tão legal quando dá para sentir o carinho das pessoas no trabalho delas. A Mari faz umas coisas danadas de legais, que pode pegar as tendências do momento, mas tem um jeitinho todo dela.
A marca vende online no país todo e vez ou outra ela vem a Brasília pessoalmente no Picnik. Quem quiser conferir o site e o Instagram da loja, tem muita coisa bonita. ;)









Look do dia: Xadrez + Veludo

2 Comments »

Boa noite amiguinhos, como vão?
Estou aceitando indicações de soluções para dor nos ombros/ costas causadas por excesso de peso. Pareço um burro de carga quando vou a faculdade, por isso que quando fotografo o que uso em aula tiro a foto sem bolsa nem nada, seria incrível sensualizar com mochila, pastão, sacola, ecobag, sacola de mercado e maleta de ferramentas. (Sério, aceito indicações, meus ombros estão super trincados.) 
O look de hoje usei para trabalhar semana passada, coisa bem facinha de dia-a-dia: camisa xadrez e saia, mas as cores e texturas dão um toque especial. Coloquei o oxford que dá uma cara mais menino para tanta feminilidade.
P.S.: Esse é o último de cabelo liso.

Good night folks, how are you?
I'm accepting tips and treatments for back and shoulders pain driven by excess weight lifting. It's insane the amount of stuff I carry everyday when I go to college, that's why when I shoot something I wore in class I don't wear any backpack or bag, 'cause the reality is pretty not atractive: backpack, huge briefcase, shopping bag, ecobag, market bag and tool bag. (Really, I'm open minded to sugestions, my shoulders are pretty rough.)
The outfi of the day I wore to go to a job last week, easy piece from the daily basis: plaid shirt and skirt, but the colours and textures gave such a special touch. I wore oxford shoes to give a boyish touch in this girly look.
P.S.: This is the last one with straight hair.













 
 

Camisa/ Shirt: American Eagle
Saia/ Skirt: Forever 21
Bolsa/ Bag: Forever 21
Oxfords: Forever 21
Óculos/ Sunglasses: Aloha Eyewear


Wishlist: Botas Over the Knee

No Comments »

Olá amiguinhos.
As botas Over the Knee (acima do joelho) voltaram novamente mais uma vez com tudo, e sempre tive simpatia pelo modelo mas nunca a coragem de usar, achava que era sexy demais pra mim e na época que as vi ficarem em alta pela primeira vez achava que minhas pernas eram grossas demais pra elas (besteira né? A gente tem que usar o que gosta, independente do corpo).
Fiz uma seleção de algumas que achei lindas em sites nacionais, já que os correios estão enrolando com pacotes internacionais e o dólar está caro, por que não olhar as belezinhas que temos aqui?





Look do dia: De biquíni e saia lápis

2 Comments »

Olar amiguinhos.
Tem pouca coisa na vida mais linda que um feriado prolongado para repôr as energias e atrasos dos trabalhos. Hoje também é aniversário de Brasília e rolará muitas comemorações pela cidade (vou ao Picnik, alguém mais?), então aproveita para tirar a preguiça agora de manhã que esse calorão tá prometendo.
O look de hoje usei para ir a faculdade e trabalhar depois. O biquíni foi uma ótima saída para o calor do dia e a jaqueta para o vento frio das 6h30 da manhã e 22h da noite. Montei o look nas pressas para sair de casa e acabei adorando a pegada esportiva com elegante juntas. 
Gostaram do look? Teriam as caras de usar biquíni na rua?

Hello fellas.
The outfit of the day I wore to go to college and then go to a job. The swimsuit was a great escape for the hot weather and the jacket was necessary for the cold wind that I took at 6:30 am and 10 pm. I put all the pieces together in a hurry to go out but I just loved how sporty chic this turned out to be.
Do you like the outfit? Would you go out wearing swimsuit?






















Biquíni/ Bikini top: Ali Express
Jaqueta/ Jacket: Charlotte Russe

Quando a moda se cansa de modismos

No Comments »

Tenho reparado em vários blogs de moda famosos que acompanho textos falando sobre o cansaço que os modismos têm dado. A falta de criatividade, individualidade, cópias rolando soltas, acho que todo mundo já deve ter reparado essas coisas ao longo dos últimos anos em vários aspectos muito além da moda (olhem o Iphone 6 querendo ser Samsung e o S6 querendo ser Iphone).
Tendências surgem rapidamente e da mesma forma vão embora. Os blogs hypados postam sobre as últimas tendências, onde encontrar, usam usam usam, vemos essa tendência em todos os lugares até nos convencermos de comprar e logo ela passa. Mas não se preocupe, ela vai voltar. Porque da mesma forma que surgem várias tendências, tudo hoje está em alta, É IMPOSSÍVEL VOCÊ ESTAR FORA DE MODA. Impossível mesmo. A quantas temporadas é anunciado que o look "all white" é o must de elegância? Retomada de referências étnicas dos anos 70, colorido dos anos 80, grunge e seus macacões jeans dos anos 90, até você ser humano que só usa calça jeans e camiseta, você tem o estilo normcore. Tudo volta várias e várias vezes a ser tendência, mas um ano a cor é vinho, no outro burgundy e agora marsala.
Posso dizer que acho isso ridículo? As tendências mudam os nomes para o inglês para ficar mais chic e para dizer que estão fazendo algo realmente novo que vale a pena gastarmos uns R$ 400 reais nelas. 
A moda que vemos em massa virou um comércio atraente para tomar o dinheiro de seu público. Muitos lugares vendem as mesmas coisas porque queremos parecer com celebridade ou blogueira X com aquele visual. E várias marcas acabam por vez matando sua criatividade e produzindo esse body desejo porque todo mundo quer comprar.
O nosso estilo deve transcender às tendências. Acho incrível que várias opções surjam o tempo todo prontas para atender aos mais variados estilos e bolsos, não é incrível hoje podermos achar roupas alternativas com muito mais facilidade que a 10 anos atrás? Mas podemos filtrar todas essas informações que surgem o tempo todo e pegar o que se adéqua melhor a nós. 
Acompanho vários blogs que falam das últimas tendências e é claro que de primeira me encanto com todas elas, gosto de ver várias pessoas usando, como cada uma faz do seu jeito e penso como eu usaria do meu. Antes de comprar qualquer coisa que esteja na moda espero a febre passar, muitas vezes descubro que tive vontade só porque estava em alta e eu via em todos os lugares, mas se realmente gosto, acho que combina comigo e vou usar por muito mais tempo que uma temporada, aí me permito comprar. 
Podemos --e devemos-- usar de forma inteligente essa alta rotatividade e não precisamos comprar tudo sempre porque ninguém nunca vai gostar de tudo que surge. A moda tem que ser algo divertido, expressivo e individual, devemos usar isso a nosso favor, não como ferramenta de uniformização e fazer disso algo estressante.