Quando a moda se cansa de modismos

Tenho reparado em vários blogs de moda famosos que acompanho textos falando sobre o cansaço que os modismos têm dado. A falta de criatividade, individualidade, cópias rolando soltas, acho que todo mundo já deve ter reparado essas coisas ao longo dos últimos anos em vários aspectos muito além da moda (olhem o Iphone 6 querendo ser Samsung e o S6 querendo ser Iphone).
Tendências surgem rapidamente e da mesma forma vão embora. Os blogs hypados postam sobre as últimas tendências, onde encontrar, usam usam usam, vemos essa tendência em todos os lugares até nos convencermos de comprar e logo ela passa. Mas não se preocupe, ela vai voltar. Porque da mesma forma que surgem várias tendências, tudo hoje está em alta, É IMPOSSÍVEL VOCÊ ESTAR FORA DE MODA. Impossível mesmo. A quantas temporadas é anunciado que o look "all white" é o must de elegância? Retomada de referências étnicas dos anos 70, colorido dos anos 80, grunge e seus macacões jeans dos anos 90, até você ser humano que só usa calça jeans e camiseta, você tem o estilo normcore. Tudo volta várias e várias vezes a ser tendência, mas um ano a cor é vinho, no outro burgundy e agora marsala.
Posso dizer que acho isso ridículo? As tendências mudam os nomes para o inglês para ficar mais chic e para dizer que estão fazendo algo realmente novo que vale a pena gastarmos uns R$ 400 reais nelas. 
A moda que vemos em massa virou um comércio atraente para tomar o dinheiro de seu público. Muitos lugares vendem as mesmas coisas porque queremos parecer com celebridade ou blogueira X com aquele visual. E várias marcas acabam por vez matando sua criatividade e produzindo esse body desejo porque todo mundo quer comprar.
O nosso estilo deve transcender às tendências. Acho incrível que várias opções surjam o tempo todo prontas para atender aos mais variados estilos e bolsos, não é incrível hoje podermos achar roupas alternativas com muito mais facilidade que a 10 anos atrás? Mas podemos filtrar todas essas informações que surgem o tempo todo e pegar o que se adéqua melhor a nós. 
Acompanho vários blogs que falam das últimas tendências e é claro que de primeira me encanto com todas elas, gosto de ver várias pessoas usando, como cada uma faz do seu jeito e penso como eu usaria do meu. Antes de comprar qualquer coisa que esteja na moda espero a febre passar, muitas vezes descubro que tive vontade só porque estava em alta e eu via em todos os lugares, mas se realmente gosto, acho que combina comigo e vou usar por muito mais tempo que uma temporada, aí me permito comprar. 
Podemos --e devemos-- usar de forma inteligente essa alta rotatividade e não precisamos comprar tudo sempre porque ninguém nunca vai gostar de tudo que surge. A moda tem que ser algo divertido, expressivo e individual, devemos usar isso a nosso favor, não como ferramenta de uniformização e fazer disso algo estressante.

Postar um comentário

Me siga no @manuelagmartins

feed.run(); //]]>
© Eu quero ser estilosa. Design by Fearne.