Bonita ao natural

Cabelo arrumado, maquiagem, unhas feitas, roupas bonitas são coisas que podem fazer a gente se sentir bem -eu me incluo nisso-, mas quando tiramos estes artifícios e sobramos ao natural, o que nos resta? Ainda nos sentimos bem e confiantes?

É posto para nós que a naturalidade só é bonita quando artificial: aquele cabelo podrinho de horas de babyliss ou a make "acordei linda", mas nós de um cabelo embolado, olheiras e depilação por fazer não é bonito, é motivo de vergonha.

(esse foi um dos poucos looks que apareci de cara lavada e sem montação)

Nos últimos anos com o grande boom de redes sociais como o Instagram, fomos bombardeadas com ideias surreais de beleza. Referências mundiais como o clã Kardashian entristecem as mentes mais fracas com suas maquiagens sempre impecáveis e looks surpreendentes. Mas calma gente, todo mundo é ser humano.

Todos nós fazemos cocô, temos noites de sono mal dormidas, espinhas. Todo mundo ganha peso vez ou outra. E isso que temos nos esquecido, o quão humanos nós somos. Uma boa parte das blogueiras e celebridades nunca são clicadas sem reboco e cílios postiços. Eu tenho feito isso. Nos últimos looks do dia aqui estou sempre muito bem maquiada, com cabelo montado no babyliss. Essa é minha realidade? Sim, mas não o tempo todo.

Tenho pensado o quão importante é eu me mostrar ao natural, podem me ver no Snapchat (manugomesm) ou eventualmente no Instagram (@manuelagmartins) que eu apareço assim como sou no dia-a-dia, só de rímel ou cara lavada mesmo, roupas nem sempre tão lindas, apenas normais. Eu tenho profunda admiração por gente como a Chiara Ferragni ou a Thássia, que estão todos os dias tão perfeitas, eu realmente tenho preguiça de fazer isso todo dia.

Amo moda, amo experimentar roupas diferentes e legais, adoro arrumar meu cabelo, me maquiar, mas isso é cansativo. Amo me montar, mas não consigo fazer isso todo dia. Preciso me dar uma folga, um dia ou outro da preguiça, um dia ou outro sem me importar, ainda mais quando estou com a rotina mais corrida, ocupada. Somos muito mais que apenas aparência, nós trabalhamos, estudamos, dedicamos tempo ao nosso cérebro e saúde. Olha quanta coisa pode preencher nosso tempo. 

Quando tiramos nossas unhas feitas, cabelo arrumado, make impecável e roupas incríveis, sobra quem somos por inteiro: pessoas que amam filmes, livros, animais, que discutem os problemas da sociedade, que doam dinheiro para empresas iniciantes com boas ideias, que estudam decoração, Nietzsche e italiano. Sobra tanto que nem cabe aqui. Pena é de quem acha que sem a beleza não sobra nada.

Postar um comentário

Me siga no @manuelagmartins

feed.run(); //]]>
© Eu quero ser estilosa. Design by Fearne.