Instabloggers e a crise de blogs

Tem se tornado cada vez mais popular ver no Instagram perfis de Instabloggers. O que é isso? Eis aqui minha explicação

"Instablogger é uma pessoa que transmite seu conteúdo apenas por intermédio de um perfil de instagram, mostrando em suas fotos e legendas todo seu conteúdo e suas influências"

Basicamente alguém que só usa o instagram e se diz blogueira.

Eu particularmente não sou muito fã desse negócio, porque um blog é uma página que requer um trabalhão constante (tanto que nem tenho dado conta do meu o quanto gostaria do tanto que a minha vida tem sido cheia) de criação de conteúdo, edição de fotos, criação de layout e milhares de coisas. Cuidar muito bem de um blog é bem trabalhoso.


Criei instagram a uns anos atrás achando a coisa mais idiota do mundo, claro que mudei muito de ideia, hoje uso muito, gosto muito do aplicativo, mas ainda amo o suporte que o blog dá para eu escrever textos grandes, postar vídeos e posts mais de dicas que nem sempre acho que cabe mostrar no instagram. Mas esse aplicativo bombou muito e hoje é principal refêrencia para marcas de moda, fashionistas e pessoas envolvidas nesse ramo. A comunicação digital de uma marca começa às vezes no instagram antes mesmo de um site.

E é óbvio que começa por ele, é um aplicativo fácil, você mexe do celular, as pessoas facilmente acessam do celular delas, não requer contratar alguém para fazer o layout, o próprio app oferece ferramentas que ajudam a editar fotos. Tendo um celular com câmera boa e internet você já pode ter um bom perfil.

E em meio a essas facilidades e a sede por conteúdos rápidos e sucintos, o grande público seguidor de blogs de moda migrou pro instagram e largou de mão os blogs. Eu senti muito disso, os acessos do blog caíram muito em comparação a alguns anos. Hoje em dia tem vezes que posto só duas vezes no blog na semana, mas no instagram tento postar 2 a 3 vezes por dia, tento variar os tipos de fotos. A uns anos atrás também eu passava a tarde lendo blogs de moda, tinha uma lista dos 30 que eu não podia deixar de visitar, hoje em dia se acompanho 10 é muito.


E em meio a toda essa pressa, sinto muita a falta de conteúdos completos, bem trabalhados. Por isso que mesmo sem visitar muitos blogs acompanho constantemente o blog da Carol Burgo e o UASZ, que são mulheres muito inspiradoras que falam muito além de moda, mas que quando mostram seus looks não é só "uma saia mara com uma clutch pra arrematar", seus looks são pensados e explicados muito além de combinações de peças, elas falam da importância do consumo consciente, de ícones inspiradores, de como usar seu armário de forma inteligente, coisas que têm feito meus olhos brilharem muito mais do que meras combinações.

E acabo ficando frustrada com instabloggers porque de fato é mais fácil cuidar de apenas uma rede social do que de uma plataforma e redes auxiliares, criar conteúdo mais superficial e não ter metade do trabalho de alguém que tem um blog bem cuidado (e não me incluo nisso, porque o blog tá longe de ser o que eu gostaria). Em alguns momentos me sinto desmotivada a continuar com o blog e penso em largar, mas isso não dura muito, porque realmente tenho um prazer muito grande em escrever com carinho e mostrar aqui meu ponto de vista sobre moda, que um look bonito não é só um look bonito mas carrega uma história de medos, inseguranças, lutas, expressão e liberdade.

Então fica aqui o pedido encarecido de parar um pouquinho hoje para ler um blog de alguém que você gosta, saber um pouquinho mais dela, porque dá um trabalhão fazer isso e é muito gostoso receber cada comentário de carinho aqui e saber que alguém leu.


7 comentários

  1. Oi Manu!

    Sou leitora do seu blog há alguns anos. Te conheci na pagina "It Girls" da Capricho, logo depois que criei meu blog.
    Concordo com o seu texto, cuidar de um blog da muito trabalho.. E foi por isso que já abandonei o meu algumas vezes, devido a falta de tempo e a correria da "vida adulta" (pois quando criei o blog, era adolescente). Mas, não concordo em substituir o blog por redes sociais, acho que elas devem complementar, ou seja agregar valor! As redes sociais são muito importantes para a divulgação de algum trabalho, pois como você pontuou no texto, elas tem fácil acesso.

    Ah.. aliás, sempre acompanho seu blog (entro sempre que tem novas postagens), e sigo no insta também! Adoro o seu trabalho, suas fotos são lindas e seus looks sempre muito inspiradores.

    Beijos,

    Ana Flávia Medeiros

    www.mariapano.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Nossa Manu, amei o post! Concordo plenamente com seu ponto de vista! Sempre acompanho o seu blog e gosto, principalmente, dos textos que escreve para cada look, me fazem olhar o conjunto de forma diferente, além de ser bastante inspirador! Beijo

    ResponderExcluir
  3. Eu acredito que de certa forma, o blog é insubstituível, pq como vc disse, tem coisas que são "grandes" demais pra serem tratadas num post de rede social. Eu amo escrever no meu blog e nem penso em desistir dele por um perfil numa rede.

    ResponderExcluir
  4. Super concordo Manu!Fora que todo mundo virou "digital influencer".
    Te acompanho desde a primeira vez que saiu no 'It Girls' da CH ,na época que os blogs eram escritos por amor e não por publicidade,e na época que as gafes rendiam bons posts para o 'blogueira shame'.Enfim,os blogs não são como antes,mas só permanece quem faz por prazer.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Manu! Já escrevi aqui algumas vezes antes! Te acompanho tem um tempão. Na verdade, nem sei como achei seu blog. Concordo com tudo que você disse, mas queria te dizer que da mesma maneira que hoje você só segue alguns blogs, eu também, e o seu é um deles. Busco blogs que me traigam mais que só conteúdo de moda. Tomo muitas bloggeras como a Carol Burgo como exemplo de mulher, sabe? Você tem um carisma que cativa e espero que mantenha o blog que, ao menos para mim, é um daqueles que tem algo a mais. Nesse mundo de consumo rápido, é refrescante ler matérias pensadas e cabeças e pontos de vista mais críticos da realidade. Além disso, sempre me identifiquei com o fato de você ter cachos assumidíssimos como eu. E o fato de você ter um estilo próprio que não é cópia de tudo, mas sua interpretação da moda e do que você gosta. Por isso eu gosto de moda, como uma forma de expressão. Já tive muitos blogs e abandonei, muito porque não consegui definir bem o que eu queria tratar, apenas gosto de escrever. Adoro sua voz também haha, sério, adorava seus vídeos! Espero que siga no seu caminho e postando suas ideias, é tão estranho, acabamos nos sentindo amigas e identificadas com pessoas que nem conhecemos. (Obs.: Desculpa qualquer coisa estranha no meu texto, mas tem 2 anos e pouco que vivo na Argentina e meu português já está bastante contaminado pelo espanhol). Sou sua fã. Beijo grande!

    ResponderExcluir
  6. Oi eu sou Rebeca. Te acompanho há muuuito tempo. Agora lendo esse post tenho que confessar que até eu mesmo tinha parado de visitar blogs e estava mais entronizada apenas nos perfis das redes sociais dos meus blogueiros favoritos. A verdade é que a praticidade é a atração dos últimos tempos...
    Eu estou criando um blog, pretendo inaugurá-lo mês que vêm, na verdade sempre tive essa vontade, mais eu negava isso pelo fato de ter virado modinha e pelas pessoas fazerem por interesse... bjsssss

    ResponderExcluir
  7. Eu não troco meu blog por nenhuma outra rede social, eu mesma não sou muito fã do instagram até hoje rrss O pessoal da moda realmente migraram para o instagram.

    ResponderExcluir

Me siga no @manuelagmartins

feed.run(); //]]>
© Eu quero ser estilosa. Design by Fearne.