Estrelas Além do Tempo (hidden Figures) e porquê você tem que assistir este filme

Estrelas Além do Tempo (título original: Hiddedn Figures) é um filme americano que irá estrear aqui no Brasil dia 2 de fevereiro. Ele conta a história de mulheres negras inserida na Nasa de 1961, época de Guerra Fria e corrida espacial concorrida contra a União Soviética. Dentre estas mulheres, destacam-se as histórias de Katherine Johnson, Dorothy Vaughn e Mary Jackson, quem além de colegas de trabalho, são amigas que compartilham as dores e as vitórias de participarem do projeto de lançar o homem no espaço e junto a isso terem que lutar contra o sistema segregacionista e machista que há dentro da NASA.

Recebi um convite maravilhoso do Espaço Z para conferir em primeira mão este filme incrível e acredito que todo mundo, quando puder, tem que assistir também porque ele aborda vários assuntos pertinentes a atualidade e vou falar deles.

1. Empoderamento feminino



Se hoje em dia mulheres inseridas em mercados predominantemente masculinos -pensa em engenharias, polícia, computação- já sofrem preconceito, imagina isso a quase 60 anos atrás. A luta por reconhecimento e igualdade entre homens e mulheres está longe do fim e é importante mostrar o quão importante é a força de trabalho e intelectual feminina e como isso foi necessário no marco histórico das corridas espaciais.

2. Precisamos falar sobre racismo


Sei que este não é o meu lugar de fala, uma vez que sou uma mulher branca que possui muitos privilégios em função da minha cor de pele. Mas o racismo é real, diário, fatal e isso tem sim que ser discutido. No filme há as lutas diárias em viver num estado segregacionista em que Katherine precisa andar mais de 1 km para conseguir ir ao banheiro de negras, ou Mary precisar pedir uma liminar para estudar na escola de brancos ou elas todas, como negras, recebem salários menores, o que é uma realidade até hoje. Há um choque de ver diante dos nossos olhos coisas que consideramos absurdas, como banheiro para negros e brancos, mas o racismo está longe de acabar e isso precisa ser falado.

3. Sororidade


Um ponto muito importante do filme é que as protagonistas são mulheres que se ajudam. Podemos citar centenas de filmes Hollywoodianos que contam histórias de amizade e parceria entre homens, mas as mulheres são rivais -e geralmente uma contra a outra para conquistar um homem. Não somos rivais e não devemos ser retratadas como tais. O longa mostra a relação de apoio entre elas em suas lutas pessoais e coletivas e a importância de amizades verdadeiras.

4. O sonho delas está ligado à inteligência 


Até hoje em dia parece que a maior realização da vida de uma mulher é encontrar o homem perfeito que a faça infinitamente feliz, casar e ser feliz para sempre. E todo mundo que sai dessa curva, é estranha. É natural um homem focar na carreira, as vezes deixando de lado a família, mas quando alguma de nós escolhe este caminho somos bombardeadas por "mas homem não gosta de mulher que ganhe mais que ele", "se você escolher focar na carreira, vai ficar muito velha para um marido", "homem não gosta de mulher muito independente". No filme há retratos da vida pessoal delas, seus casamentos, paixões, mas essas partes não são as principais e elas mostram que acima de esposas, elas são mulheres com garra para realizar seus sonhos que seus companheiros têm que aceitar.

E se você se interessou pelo filme por todos estes motivos, assiste o trailer que tenho certeza que você vai querer correr para o cinema no dia 2.







Postar um comentário

Me siga no @manuelagmartins

feed.run(); //]]>
© Eu quero ser estilosa. Design by Fearne.